Todos que acompanham as pesquisas e informações sobre o ramo de distribuição de veículos, entendem o que a crise dos últimos anos representa para diversos concessionários das mais variadas bandeiras. O momento é difícil, e a crise é geral. O fato é que isso é muito triste, são negócios fechando suas portas e muitos sonhos se perdendo.

Então vamos manter a rentabilidade em foco. OK?

Como fazer a concessionária ser mais rentável e continuar a crescer?

Uma das perguntas que os gestores e diretores mais se perguntam: Como se manter rentável e crescer no mercado?

Só quem lidera ou está a frente de difíceis decisões sabe o quão complicado é administrar as pressões que chegam de todos os lados. As demandas são diversas e entre a rotina, as pessoas e o que precisa ser feito é:

Será que estou fazendo o que é certo para minha concessionária?

Indicadores econômicos para análise de rentabilidade da concessionária

Nós da Sances, como desenvolvedores de sistema para gestão de concessionárias (DMS), temos a visão de que acompanhar o que é mais importante, é o certo para sua concessionária.

A dificuldade é separar as informações e definir quais os indicadores certos de serem vistos mais de perto, além de eles serem analisados periodicamente.

No post sobre 8 indicadores financeiros para transformar a gestão da sua concessionária começamos esta missão. Agora continuamos com os 4 indicadores econômicos para análise de rentabilidade.

Então, vamos ao que interessa!

4 indicadores economicos para analise de rentabilidade planilha gratuita

Avaliação da Situação Econômica

Rentabilidade do Patrimônio Líquido

A rentabilidade do patrimônio líquido, pode também ser chamada de ROE (que em inglês significa Return on Equity). Este é um indicador que mostra o quanto a empresa é rentável à partir de seus próprios recursos e do dinheiro investido pelos sócios.

A fórmula de cálculo é:

RPL = LL 

           PL

LL: Lucro Líquido
PL: Patrimônio Líquido

É preciso estruturar bem os departamentos e ações da concessionária, o diferencial deste indicador está em enxergar o retorno das suas ações a nível monetário.

É importante crescer, mas se manter rentável é algo que vale a pena ser verificado.

Por isso, quanto mais alto este indicador, melhor.

O interessante a se observar no acompanhamento desse indicador, é medir o quanto a concessionária é rentável a partir de suas operações. Isso revela o quanto o dinheiro investido pelos sócios está gerando retorne efetivo e permitindo um crescimento orgânico nas operações.

Rentabilidade Sobre Ativos

No indicador de rentabilidade sobre ativos existe um fator muito importante, que é dar uma atenção especial ao acompanhamento e análise. A evolução histórica desses resultados é um fator relevante.

Este indicador em específico vai dividir o seu lucro líquido no período escolhido para análise, pelo valor total dos seus ativos.

A fórmula de cálculo é:

RA = ( LL / A )  X 100

LL: Lucro Líquido
A: Ativo Total

Este indicador também, quanto mais alto melhor.

Lembrando que ativos são bens e direitos que tem expectativa de geração de caixa no futuro. Na prática, o famoso “dinheiro faz dinheiro”, mas concessionárias são sensíveis a giros de estoque e sazonalidades, o que traz uma complexidade a mais a essas avaliações.

Não quero ser repetitivo quanto as dificuldades competitivas do mercado. Mas quero reforçar o quanto isso pode complicar no planejamento de venda de veículos, bem como levar peças e itens a obsolescência.

Nesse sentido junto com análise do giro de peças, tempo médio de pátio dos veículos, outra ferramenta de análise é observar o % de rentabilidade sobre ativos. Numa dessa, vale dar uma virada nos planos de ação e mudar processos internos.

Não trate do óbito, previna os problemas.

Giro do Ativo

Você vende bem? O que esse indicador tem a ver com este questionamento? Tudo.

O indicador de giro do ativo faz uma comparação sobre suas fontes de geração de receita (ativos), em relação a receita líquida, a grana limpa das operações comerciais.

A fórmula de cálculo é:

GA =  RL 

           A

RL: Receita Líquida
A: Ativo Total

A receita líquida, é basicamente quanto uma empresa vendeu no período escolhido para análise, tirando abatimentos, descontos, devoluções e impostos sobre a venda. Então tirando todas as questões comerciais e tributárias sobre a venda, quanto sobrou? Esta é a sua receita líquida.

Com essas considerações, podemos perceber que este indicador revela o desempenho de rentabilidade de suas operações comerciais.

Sendo assim, quanto mais alto este indicador, melhor.

Margem Líquida

A margem de lucro é o % incluído encima do valor de custo dos veículos e peças de uma concessionária para que se alcance o lucro esperado. Acredito que este conceito seja bastante discutido, e bastante conhecido no ramo do varejo.

Agora o interessante é analisar a margem líquida das operações periodicamente. Inclusive avaliar por tipos de ítens, linhas de produtos/serviços e todas as subdivisões possíveis. Uma ferramente de BI para concessionárias pode te ajudar muito nisso.

A fórmula de cálculo é:

ML = ( LL / RL )  X 100

RL: Receita Líquida
LL: Lucro Líquido

Pode-se pensar nesse resultado como um indicador que mostra ao investidor a porcentagem de cada R$ 1 investido, quanto restou após todas as deduções de impostos, alíquotas e despesas da operação da concessionária.

É importante que você tenha em mente que ele pode ser um indicador que evidencia vantagens competitivas. Concessionárias com grandes diferenciais, ou situações bem específicas, podem por exemplo venderem menos, mas terem margens muito maiores.

Agora nas vendas mais simples e sem tantos diferenciais em relação a concorrência o negócio é apostar em alto volume e observar se a margem (mesmo sendo mais baixa) está dentro do esperado.

Ter em mente sua estratégia comercial é fundamental para que a análise seja coerente e você consiga encontrar os melhores. Busque caminhos de acordo com a sua realidade. Talvez você consiga agregar muito valor ao seu carro, seja por maior eficiência no controle de custos, inserindo acessórios, ou pelo valor da marca.

Conclusão

Busque essas informações no seu sistema DMS (sistema para concessionárias). Se hoje ele não te ajuda a buscar indicadores ou gráficos fale com a Sances, podemos te ajudar nisso.

Com relação aos dados e preenchimento de fórmulas, se você tiver uma contabilidade, eles poderão te apoiar na apuração e acompanhamento destes indicadores.

Peça essas informações a sua contabilidade (mesmo que terceirizada), o alinhamento entre contabilidade e concessionária pode fazer toda a diferença.

Deixo abaixo uma planilha gratuita, para que você possa começar hoje mesmo a acompanhar este 4 indicadores de rentabilidade na sua concessionária!

4 indicadores economicos para analise de rentabilidade planilha gratuita