Quem tem ou administra uma concessionária precisa estar sempre atento a números, como: quantidade de clientes, custos, receitas, resultados e assim por diante.

Mas e será que quem realmente faz tudo acontecer dentro da empresa ou aqueles que ajudam a atingir os objetivos estratégicos do negócio estão sendo pagos devidamente ?

Perceba que, observar a qualidade do trabalho é imprescindível para valorizar, também financeiramente, os colaboradores que se destacam internamente.

Uma forma de fazer isto é adotando modelos de remuneração estratégica em seu negócio.

Entenda como ela funciona a remuneração estratégica na concessionária e como pode trazer resultados excelentes para a concessionária!

Ao final do post eu vou deixar um link para o Webinar 5.1 Passos para a definição de uma Remuneração Estratégica eficiente!

Comissão para resultados

A remuneração estratégica, é um método muito interessante de comissionamento.

A idéia é remunerar as pessoas que mais contribuem para o sucesso da concessionária.

Assim, a empresa estimula o aumento da produtividade e desempenho de seus colaboradores.

Além disso, esse processo incentiva a motivação dos mesmos, já que premia de acordo com a contribuição individual.

A remuneração estratégica é formada por um valor fixo e outro variável.

O valor fixo está relacionado diretamente ao cargo ocupado pelo colaborador na concessionária, ou seja, é o salário mensal, auxílio à saúde e vale-alimentação, etc…

Já o segundo tem sua recompensa proporcional ao desempenho individual.

Ela pode se aplicar de diversas maneiras.

Nesse caso cabe a concessionária definir o que melhor se adequa a ela e aos colaboradores.

Bom, sabemos que para medir o desempenho dos colaboradores é muito importante que esse processo seja acompanhado por meio de ferramentas de acompanhamento e avaliação, um sistema que tenha acesso a essas informações deixa mais claro como medir as conquistas e metas atingidas.

Como a Remuneração pode ajudar nos processos internos da concessionária?

A partir do momento em que a empresa tem seus objetivos definidos, com metas organizacionais e individuais, os profissionais tendem a aplicar mais esforços por reconhecerem a recompensa.

Os benefícios são visíveis e o primeiro deles é o aprimoramento do desempenho individual dos colaboradores.

Quando há uma valorização do trabalho realizado fica perceptível o reconhecimento ao esforço empregado e isso aumenta o engajamento da equipe.

O objetivo é fazer as pessoas se sentirem partes integrantes do negócio e assim elas por si próprias sabem exatamente de que forma contribuem para o alcance dos objetivos, sem contar que há uma vantagem financeira a medida que a meta é alcançada…

Para a empresa, esse cenário aumenta produtividade e a possibilidade de negócio para obter resultados positivos, e consequentemente, elevar o lucro.

Assim, a remuneração estratégica se torna uma atração de novos negócios e sem necessidade de elevar os custos, mas com um bom retorno positivo.

A principal dificuldade é equilibrar tudo isso com a qualidade de vida dentro e fora da empresa.

É necessário um olhar para dentro da organização e conhecer os perfis profissionais, e como eles podem se adaptar ao sistema e como deveriam ser sensibilizados para se engajarem na busca por resultados positivos.

Desafios da Remuneração Estratégica na concessionária

Talvez um dos maiores desafios da remuneração seja o período de adaptação

Esse processo de adoção da remuneração estratégica tem inúmeros benefícios, tanto para o profissional individualmente quanto para a empresa como um todo.

No entanto, existem pontos que precisam ser considerados e tratados com a devida atenção.

Diante da possibilidade de crescimento de renda com base no desempenho, os colaboradores podem se cobrar demais, aumentando o nível de estresse e prejudicando não somente o próprio colaborador como o time em si.

E como esperado isso afetará diretamente na sua qualidade de vida e sua saúde, e a longo prazo, também o desempenho profissional.

Vale lembrar também que as condições de saúde física e mental dos colaboradores no ambiente de trabalho é de responsabilidade da empresa.

O aumento da competitividade também pode afetar diretamente o clima organizacional, tornando o ambiente de trabalho pesado e agressivo, afetando a convivência entre os colaboradores.

Revise a atual política de remuneração

Para entender as mudanças a serem feitas é necessário conhecer o modelo atual de remuneração (se houver um) para assim poder detalhar possíveis alterações a serem feitas.

É muito importante exaltar que, independente da nova política de remuneração que a concessionária defina, não pode haver alterações dos valores de ganhos fixos pré-estabelecidos no contrato de trabalho.

Nesse momento, considere também conversar com alguns colaboradores para ter um feedback sobre a atual política de remuneração e o que poderia ser melhorado.

Esse contato direto pode trazer bons insights para o novo plano.

Sem falar que assim se constrói um alinhamento com o time muito mais forte.

Uma vez que você demonstra preocupação não apenas com os ganhos que giram em torno da concessionária.

Estabeleça parâmetros!

Os parâmetros de premiação podem ser baseados em inúmeros critérios como:

  • Desempenho;
  • Alcance de resultados específicos;
  • Nível de esforço;
  • Desenvolvimento de competências;

A concessionária pode usar quantos parâmetros achar necessário como base para a remuneração estratégica.

Um ponto importante é estabelecer metas que tenham relação com algum objetivo maior, que possam ser mensuradas e impactem diretamente os resultados da empresa a nível macro.

O mais indicado é adotar um sistema de metas ligado não apenas ao desempenho individual, mas também ao coletivo, o que contribui para aumentar a colaboração entre a equipe.

Considere as especificidades de cada time

Em geral, a política de remuneração estratégica é baseada em metas específicas a nível individual ou de equipe, portanto, é necessário criar parâmetros específicos de acordo com o perfil de cada time.

Assim cada equipe deve ter regras específicas nesse sentido, incluindo o trabalho que desenvolvem e como ele impacta nos resultados gerais.

Por isso é preciso lembrar que cada time executa funções muito particulares, o que influencia diretamente na forma em que essas metas serão estabelecidas e medidas.

Concluindo

Como você pode perceber, uma política de remuneração estratégica apresenta muitas vantagens, tanto para a concessionária, que tem ganhos em produtividade e resultados, quanto para os colaboradores, que se sentem mais motivados e valorizados.

Lembre-se que para medir o volume do que realmente é alcançado é muito importante, principalmente quando se trata de metas.

Não tem como cobrar o que não se mede…

O nosso sistema por exemplo tem todas essas finalidades necessárias, além de ser o DMS mais completo falando em sistema para concessionária!