Margens cada vez mais apertadas exigem um novo olhar sobre a estratégia de vendas. Fique atento e busque diferentes maneiras de ampliar as receitas da sua Concessionária de motos.

O mercado de motocicletas, apesar do cenário econômico pouco favorável, tem mantido um bom desempenho se comparado a venda de automóveis. Mas nem por isso, gerir uma concessionária de motos é uma tarefa fácil.

A atividade exige um bom planejamento, controles precisos e o gerenciamento correto das rotinas que vão desde a venda de motos, peças e serviços até a gestão dos resultados da empresa como um todo.

Para conquistar bons resultados neste setor, a Concessionária precisa ficar atenta aos seus indicadores e a algumas características peculiares que envolvem a venda de uma moto.

Pensando nessa questão, listamos 4 dicas que irão te ajudar a turbinar os negócios da sua Concessionária. A intenção com elas é gerar uma reflexão, expandindo seu olhar sobre as vendas de motos, para extrair melhores resultados, inclusive de áreas até então pouco trabalhadas.

Para começar, reúna um time de especialistas para converter mais vendas

Nós da Sances, como desenvolvedores de sistema para gestão de concessionárias (DMS), e em contato com diversas pessoas vemos que o mercado de motocicletas exige mais criatividade e jogo de cintura da equipe de vendas. Isso porque as vendas são mais complexas, em especial, porque o crédito para a compra destes produtos é mais restrito.

Neste caso é importante reunir um time de especialistas, focado no segmento, para conseguir converter mais vendas com financiamento.

Outro ponto a ser considerado, e que também influi diretamente no trabalho da equipe de vendas, está no volume de unidades vendidas.

Suas metas devem considerar um volume mais alto de unidades vendidas, uma vez que os valores unitários de venda são muito mais baixos, se comparados ao mercado automotivo.

Mas faça isso com atenção, levando em conta os indicadores da sua Concessionária para respeitar o seu fluxo de caixa e verificar as condições mais viáveis para a loja no momento.

Use o consórcio como estratégia de vendas para turbinar os negócios da sua Concessionária de motos

Com as margens de lucro cada vez mais apertadas, a saída para as Concessionárias tem sido encontrar outras formas de ampliar suas receitas, além da tradicional venda de motos.

Os consórcios se encaixam bem a este cenário, funcionando como uma garantia de venda futura para a loja. Isso porque as cotas compradas hoje, serão contempladas tempos mais tarde, equilibrando assim as relações com as montadoras.

As vendas nesta modalidade trazem ainda outros diferenciais. Entre eles a possibilidade de conquistar margens melhores. Isso porque, em geral, a venda acontece a preço de tabela.

Fora isso, as concessionárias podem ainda usar os consórcios como chamarizes de venda. Isso porque a modalidade permite, em muitos casos, que clientes com o nome negativado possam ainda assim adquirir sua moto. Para isso eles precisarão apenas ter um fiador.

A venda de motos usadas tem seu valor, analise a questão de um novo ângulo

Para muitos concessionários a moto usada é vista como um problema. Entretanto esta é uma questão a ser revista.

O mercado de motos usadas, é também uma possibilidade de venda e por isso deve ser também considerada para ampliar as margens da loja.

Se a concessionária analisar as possibilidades de ganhos com o setor, verá ali um mercado em potencial a ser explorado. Isso porque as margens possíveis são bem altas, podendo inclusive serem bem melhores que as de um veículo zero km.

Isso porque a avaliação da moto usada na troca geralmente é mais baixa – em percentual – que a avaliação de um carro, por exemplo.

Em cenários de recessão, como a atual conjuntura tem se apresentado, saber como avaliar um veículo usado e agregar valor com essa estratégia de vendas é ainda mais importante.

Mais do que nunca o cliente tem buscado vantagens financeiras em suas compras. E ter cartas na manga que permitam ao concessionário sanar estas necessidades, é sempre benéfico para aumentar as receitas.

Por estas e outras razões, a venda de motos usadas é um produto importante a ser considerado, se a intenção for diversificar suas fontes de renda.

Gere receitas adicionais com a oficina para ampliar o lucro da sua Concessionária

Para garantir a rentabilidade de uma concessionária de motos, não basta apenas focar na venda da motocicleta. É preciso agregar valor e buscar fontes de receita em áreas correlatas, como por exemplo a oficina.

Este setor abre um leque de possibilidades ao concessionário, para que ele incremente suas vendas com produtos e serviços complementares, que geram receitas adicionais permitem a sustentabilidade do negócio.

Além de ser um setor altamente rentável, a oficina multimarcas também pode ser entendida como uma porta de entrada para o fechamento de novas vendas.

Ao estimular a passagem do cliente na loja, a oficina pode despertar o desejo por uma troca ou ainda, pela compra de um novo produto.

Esteja atento a estes indícios e valorize este momento. Uma postura pró-ativa será determinante para firmar relacionamentos e definir os rumos de uma possível fidelização dos seus clientes.

Quer começar a mudar a gestão de sua concessionária?

Solicite o agendamento de uma consultoria demonstrativa grátis do SancesTurbo DMS.

Experimente Grátis!